Enade2018-05-15T15:01:12+00:00

ENADE 2018

Participar do ENADE 2018 é importante
para a construção do seu currículo profissional.

Sobre o ENADE

O objetivo do ENADE é avaliar e acompanhar o processo de aprendizagem e o desempenho acadêmico dos estudantes em relação as ementas previstos nas diretrizes curriculares dos cursos de Graduação. o ENADE avalia suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e também suas competências para compreender temas exteriores ao âmbito específico de sua profissão, ligados à realidade brasileira e mundial e a outras áreas do conhecimento.

Quem participa?

No Enade 2018 serão avaliados os
estudantes dos seguintes cursos:

  • Administração

  • Ciências Contábeis

  • Direito

  • Gestão Comercial

  • Gestão da Qualidade

  • Logística

  • Serviço Social

Por que fazer o ENADE?

A participação no Enade contribui para que sua formação seja ainda mais valorizada no mundo do trabalho. O resultado da sua avaliação no ENADE te acompanha por toda sua carreira. Além disso, o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes é parte obrigatória de todos os cursos de graduação e sem realizar a prova você não recebe seu diploma. A cada 3 anos, alunos concluintes de cursos listados pelo Ministério da Educação passam por esta avaliação.

Dúvidas Frequentes

No Enade 2018 serão avaliados os
estudantes dos seguintes cursos:

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é um dos procedimentos de avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), criado pela Lei nº. 10.861, de 14 de abril de 2004.

Avaliar o desempenho dos estudantes que estão concluindo a graduação, em relação às competências previstas nas diretrizes curriculares.

Porque o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é parte obrigatória de todos os cursos de graduação e sem realizar a prova você não recebe seu diploma. A cada 3 anos, alunos concluintes de cursos listados pelo Ministério da Educação passam por esta avaliação.

No Enade 2018 serão avaliados os estudantes que tenham expectativa de conclusão em dezembro de 2018 e julho de 2019. Os alunos do Unihorizontes que irão fazer o ENADE são dos cursos:

Administração;
Ciências Contábeis;
Direito;
Serviço Social;
Gestão Comercial;
Gestão da Qualidade;
Logística.

Estudantes concluintes dos cursos de Bacharelado e Licenciatura são os estudantes que tem expectativa de conclusão do curso até julho de 2019 ou que tenham cumprido 80% (oitenta por cento) ou mais da carga horária mínima do currículo do curso da instituição de ensino  até o dia de retificação.

Estudantes concluintes dos Cursos Superiores de Tecnologia são os estudantes que tem expectativa de conclusão do curso até dezembro de 2018 ou que tenham cumprido 75% (setenta e cinco por cento) ou mais da carga horária mínima do currículo do curso da instituição de ensino até o dia de retificação.

Sim. A participação do estudante habilitado ao ENADE é condição indispensável ao registro da regularidade no Histórico Escolar, assim como à expedição do diploma pela instituição de ensino. Em 2018, somente os estudantes concluintes participarão da prova do ENADE a ser aplicada em novembro de 2018.

O estudante que possua dupla graduação, ou seja, for considerado concluinte habilitado em dois ou mais cursos avaliados no ENADE 2018, no momento do cadastro deverá escolher o curso pelo qual realizará o Exame.

A situação de dupla graduação é caracterizada quando se constata que o estudante está habilitado a participar do ENADE em mais de um curso avaliado em 2018. Um estudante pode estar nessa situação de duas formas:

  1. Acumulando a situação de INGRESSANTE HABILITADO e de CONCLUINTE HABILITADO – O estudante deverá realizar o Exame da área na qual se enquadra como concluinte, tendo em vista que será automaticamente dispensado da prova na condição de ingressante. Nesse caso, não há possibilidade de optar por fazer uma das provas. O estudante deve necessariamente participar do Exame como concluinte.
  2. Acumulando a situação de CONCLUINTE HABILITADO em dois cursos – O estudante poderá optar pela área avaliada pelo ENADE 2018 da qual quer participar. Uma vez feita sua opção, o estudante deve fazer o acesso e preencher o Questionário do Estudante relativo à área escolhida e comparecer ao local indicado no Cartão de Informação do Estudante. Após a aplicação do Exame e o processamento das listas de presença, o INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), responsável pela aplicação da prova, poderá atestar a participação do estudante em uma das provas. Uma vez registrada a participação e a situação de dupla graduação, ele será dispensado do Exame em que não compareceu. A informação sobre a regularidade de presença estará no “Relatório de Estudantes em Situação Regular junto ao ENADE 2018”, disponível no Portal do INEP.

I – Estudantes dos cursos das áreas avaliadas no ENADE 2018 que colaram grau até o último dia do período de retificações e;

II – Estudantes oficialmente matriculados que cursaram atividades curriculares fora do Brasil, na data de realização do ENADE 2018, em instituição conveniada com a IES de origem.

O Ministério da Educação (MEC) define, anualmente, as áreas propostas pela Comissão de Avaliação da Educação Superior (CONAES), órgão colegiado de coordenação e supervisão do SINAES. A periodicidade máxima de aplicação do ENADE em cada área é trienal (a cada três anos). Quais as áreas já avaliadas pelo ENADE?

 

-Em 2012: Cursos que conferem diploma de bacharel em Administração; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Comunicação Social; Design; Direito; Psicologia; Relações Internacionais; Secretariado Executivo; Turismo; e que conferem diploma de tecnólogo em Gestão Comercial; Gestão de Recursos Humanos; Gestão Financeira; Logística; Marketing; e Processos Gerenciais.

-Em 2013: Cursos que conferem diploma de bacharel em Agronomia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social e Zootecnia; e que conferem diploma de tecnólogo em Agronegócio, Gestão Hospitalar, Gestão Ambiental e Radiologia.

-Em 2014: Cursos que conferem diploma de bacharel em Arquitetura e Urbanismo; Sistema de Informação; Engenharia Civil; Engenharia Elétrica; Engenharia de Computação; Engenharia de Controle e Automação; Engenharia Mecânica; Engenharia Química; Engenharia de Alimentos; Engenharia de Produção; Engenharia Ambiental; Engenharia Florestal; e Engenharia; que conferem diploma de bacharel ou licenciatura em Ciência da Computação; Ciências Biológicas; Ciências Sociais; Filosofia; Física; Geografia; História; Letras-Português; Matemática; e Química; que conferem diploma de licenciatura em Artes Visuais; Educação Física; Letras-Português e Espanhol; Letras-Português e Inglês; Música; e Pedagogia; e que conferem diploma de tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Automação Industrial; Gestão da Produção Industrial; e Redes de Computadores.

-Em 2015: Cursos que conferem diploma de bacharel em Administração; Administração Pública; Ciências Contábeis; Ciências Econômicas; Comunicação Social – Jornalismo; Comunicação Social – Publicidade e Propaganda; Design; Direito; Psicologia; Relações Internacionais; Secretariado Executivo; Teologia; Turismo; e que conferem diploma de tecnólogo em Comércio Exterior; Design de Interiores; Design de Moda; Design Gráfico; Gastronomia; Gestão Comercial; Gestão da Qualidade; Gestão de Recursos Humanos; Gestão Financeira; Gestão Pública; Logística; Marketing; e Processos Gerenciais.

-Em 2016: Cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de Agronomia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social e Zootecnia; e cursos que conferem diploma de Tecnólogo nas áreas de Agronegócio, Estética e Cosmética, Gestão Ambiental, Gestão Hospitalar e Radiologia.

-Em 2017: Cursos que conferem diploma de bacharel nas áreas de Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia e Sistemas de Informação, dos cursos que conferem diploma de bacharel e licenciatura nas áreas de Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Português, Matemática e Química. Dos cursos que conferem diploma de licenciatura nas áreas de Artes Visuais, Educação Física, Letras-Português e Espanhol, Letras-Português e Inglês, Letras-Inglês, Música e Pedagogia. Dos cursos que conferem diploma de tecnólogo nas áreas de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Gestão da Produção Industrial, Redes de Computadores e Gestão da Tecnologia da Informação.